Páginas

terça-feira, 13 de abril de 2010

Dia do Beijo, mas quero ABRAÇO!


Estou começando a me convencer de que terei mesmo que mudar o nome do Blog...

Tudo bem que o que mais contem nele seja mesmo devaneios, mas nem tão singelos assim.

O problema maior é que estou "devaneando" até mesmo com as datas!!! Por que hoje não poderia ser o dia do abraço e não do beijo???

Quando todos querem beijos: beijo de amor, de mãe, de amigo, de carinho, beijo na boca, na testa, na mão... estou eu a quer abraço!!!

Não é porque sou do contra, não quero contrariar ninguém, mas também não irei, eu, contrariar meu próprio querer... quero um abraço, dois, três abraços, enfim... abraços sem fim e ilimitados, afinal eles não custam e não gastam!!!

Abraço para mim é um vício... é uma necessidade, é uma terapia, é uma ginástica, é um estudo, é um exercício, um benefício, uma atitude de bem!!!

Então, hoje, no dia internacional do beijo, eu troco todos os meus, a que tenho direito e que com sorte ganharei, por abraços...

O que eu mais preciso é mesmo daquele abraço!!!



2 comentários:

Margarida disse...

"Pouco me espanta.
Quase nada me choca.
Tudo me toca, me assombra e me comove: o mais cotidiano, e o mais inusitado. Tudo forma o cenário e caminho. A maturidade me fez amar com menos aflição e quem sabe menos frivolidade - não menos alegria."
(L. Luft)

Violeta disse...

"Quando se amarra bem o próprio coração e se faz dele um prisioneiro, pode-se permitir ao próprio espírito muitas liberdades." (F. Nietzsche)
Mas nunca menos alegria e menor intensidade...
Beijo Margarida...