Páginas

quarta-feira, 28 de julho de 2010

"Hoje eu falo de silêncio. 
Eu, que amo as palavras, hoje fico nos espaços brancos e nas entrelinhas. 

Fico ausente, estou ausente. 
(...)



Tenho falado muito em minha vida, tenho escrito talvez demais. 
Nem sempre acerto o tom, nem sempre encontro as palavras."

Lya Luft



"Tanta vontade de viajar para bem longe, 
romper todos os laços, 
sem deixar endereço..."

Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Tens poder duplicado, mas eu sou um portal!

Meu dia, 
Enlaço Mundos...
Ano Novo está por vir!
Meu desafio é continuar a enlaçar...
Mas a Serpente vem a encantar!
A onda é tua,
Escuta o que dizes os corpos: 
 “Sinto Muito. Me perdoe. Te Amo. Sou Grato”
E libere-se dos velhos padrões...
Sou o início da tua onda, 
Mas esse dia é todinho MEU!!!!
Os destinos são os dois castelos: 
Verde Encantar ou Azul Queimar,
quem sabe serei eu a enlaçar!
Enquanto estabilizo a oportunidade, 
Libertas o instinto..
És a liberação e eu o desafio!
O infinito é poder que me guia...
Tens teu poder duplicado, 
Mas eu sou um portal de ativação, e  
"Sem reprovações, meus obstáculos deixam de ser um desafio."





terça-feira, 20 de julho de 2010

AMORIZADE! (II)

"Amizade é um amor que nunca morre."

Assim já escreveu o sábio e eterno Quintana.
 Portanto, neste dia especial, vou usar este meu espacinho para mais uma vez tentar homenagear e agradecer os meus amigos que são sábios e loucos, doidos e santos.


Tem três meninos, que ao mesmo tempo,  conquistaram meu coração.
Esses três são a razão, o coração e a intuição...
Gabi, Edu, Guigo... amo vocês!
Aos demais meninos amigos, o meu enorme agradecimento e amor pelo carinho...



Para as meninas amigas, não tenho como nomeá-las...
São muitas, várias e cada uma representa um momento eternizado!
Meninas, amo vocês e aqui uma pequena ilustração do meu carinho e agradecimento.





À todos que acompanham o blog, seguidores ou anônimos, ocultos, 
o meu desejo de feliz dia do amigo e o agradecimento pela paciência em ler meus devaneios, que não passam da tentativa de tradução de sentimentos.

AMORIZADE!

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.



Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.



Amigo a gente sente!







Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.



Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.



Amigo a gente entende!







Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.



Porque amigo sofre e chora.



Amigo não tem hora pra consolar!







Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.



Porque amigo é a direção.



Amigo é a base quando falta o chão!







Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.



Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.



Ter amigos é a melhor cumplicidade!









Machado de Assis







Machado de Assis me convenceu.

Com o coração cheio de amor e carinho, sinto que sou mesmo abençoada... por demais abençoada!

Tenho amigos muito mais que maravilhosos, muito mais que especiais, essenciais... 


Meus amigos são meus vícios!

Me orgulho de cada um deles, amo-os com seus defeitos e qualidades e sem medo, digo que nada eu seria sem esses anjos sem asas que me movem, me comovem... me encantam, me despertam, me acolhem!

Feliz dia do amigo!!!

E muito embora, saiba que amizade não se agradece, porque ela não é escolhida, não ser comprada, não ser pedida, ...  eu agradeço por me deixarem sentir a amizade e o prazer de compartilhar e curtir a companhia de cada um dos meus amigos, por todos ou alguns dias e por tudo e SEMPRE!

Amizade é um amor que se sente!!!

Talvez o nome correto fosse AMORIZADE...



Dias "fora do tempo"

Ai vem o dia "fora do tempo"...

Alegre-se Violeta, pois o portal está a se abrir!

Um novo ano está por iniciar!

A onda encantada está por encerrar outro ciclo...

Passou a tempestade e agora brilha o humano!

O que é que está por vir? Não sei... 

Cansei!

Minha onda encantada já passou e durante ela, senti o jamais sentido, talvez minha percepção estava por demais aguçada, sofri por quem não conheço, pessoas passaram a fazer sentido e definitivamente entraram na minha vida.

Cansei de tentar enlaçar mundos, de ver além do que ali está, de sentir na pele a intuição.

Agora quero mesmo é ficar "fora do tempo", sair do tempo e de cena...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Crescimento...





     Acho que mudei mais do que imaginei...


     Ele me fez sentir que posso ser diferente! Pena que talvez seja tarde para dizer a ele o quão importante foi.


     Ela foi meu porto seguro por incontáveis vezes... A que me entendia quando ninguém mais conseguia decifrar o que sentia, a pessoa que conseguia ler as entrelinhas de um e-mail ou de um telefone, a coragem que vinha por palavras escritas ou faladas.

  Acabei de dizer que não fiz escolhas, mas acabei de ser julgada pela segunda vez por acreditarem que eu fiz escolhas. 

     Nenhuma escolha e ao mesmo tempo duas escolhas?!






   Naquela tarde tive um telefone desligado em meio a minha fala, sem que meus motivos fossem escutados, sem que tivesse tempo de explicar algum porque.


   Naquela noite, escolhi deixá-lo partir... descumpri com minha palavra de compromisso, coloquei-o em situação em que precisaria dar explicações mesmo quando não sabia explicar.

    Naquela madrugada, toda minha, senti o peso das minhas escolhas e então, sem escolha, acabei-me perdendo no colo do meu travesseiro, pois só ele entenderia cada gota minha caia sobre ele sem me julgar. 

  Bastava de julgamentos por aquele dia, por aquela noite. Dois julgamentos: uma amiga e um romance, já bastavam.

  Hoje cada um deles segue com seu julgamento, e hoje me sobra o carinho e amor por uma ex-amiga e ex-romance?

   Nunca é bom perder, esse prefixo, ou seja lá como se chama esse "EX" me causa sofrimento sempre, ou na melhor da hipóteses, deixa grande saudades. 

   Mas hoje, o que posso dizer é que de tudo, temos que tirar sempre algo de bom, e o que ficou de bom, foi saber que momentos especiais ficarão pra sempre guardados no meu coração, que pessoas uma vez verdadeiramente especiais, serão eternamente especiais  e que sempre seremos julgados por qualquer das nossas atitudes, não importa a quem queiramos agradar.

  O que acaba valendo nem sempre são nossos sentimentos, nossas convicções e por isso, o que valeu disso tudo é mais uma vez acreditar que mudei e muito!

   Um ano e meio(?) depois, de sorrisos, alegrias, sofri, chorei e perdi, mas acima de tudo, cresci! Ou não!!!








Eu, por Florbela Espanca

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...

(...)


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!

domingo, 18 de julho de 2010

Meu pensamento em você ou em mim...












"Ele nunca saberá como eu o amo

E isso não porque não seja belo,

mas, porque ele é mais do que eu mesma
(...)
Sempre, 
sempre o tenho em meu pensamento. 
Não como um prazer, 
porque eu também não sou 
um prazer para mim própria,
mas como o meu próprio ser."
Emily Bronte









quinta-feira, 15 de julho de 2010

Sutileza da Déa !!!

Não consegui evitar a cópia...
Com toda a sutileza e beleza, Andréa, do Blog TPM postou este texto!
A cada dia, sou mais fã desta moça, linda, inteligente e delicada.


"Eu gosto muito dessa delicadeza no trato, essa coisa tipo cristal que as pessoas parecem estar perdendo.


Não aquela educação ensaiada, ou o beijo na tia, obrigado pelo olhar descontente da mãe.


Gosto mesmo dessa sutileza amorosa que cheira a cuidado. Que se você não vem, avisa, se você vem primeiro, deixa passar, abre a porta, puxa a cadeira, e então sorri.


Por que sorrir de verdade, leve, suave é de uma delicadeza infinita. Aquela coisinha algodão que está lá, bem simples, bacana e que toca com todo cuidado.


Penso mesmo que a delicadeza no trato, a educação miudinha é coisa de gente que tem tristeza na alma, mas não perdeu, por isso, a paixão pela vida.


Aquele que viu, aquele que sabe que viver é delicado, viver exige um cuidado e olha para o outro sabendo disso. Por que essa tristeza do triste, de quem já sentiu muita coisa, e tem no peito um buraco olha o buraco do outro, e trata com educação. Melhor mesmo seria, dizer que o triste trata a si mesmo e ao outro com delicadeza e emoção. Que educa-ação é palavra apertada, colada na obriga-ação e o triste já sabe, já viu que emoção não exige esforço, ela brota no peito e deságua no outro. (grifo meu)


O triste que tem a pele sensível, tocado por tudo que é ível - do invisívelindizível,incrível e chá quente, que não é ível, mas é bom, o triste então é sensível a tudo que no mundo está. Por isso essa delicadeza. E até quando estabanado o triste é de uma atrapalhação estranha, não bruta, desengonçada. O triste atrapalhado dá vontade de abraçar. É como um triste feio, daqueles tipo bichinho da maçã, você olha pra ele,e de tão feio, sorri. O triste feio é de um encanto só.


Então meu amigo, toca a vida com cuidado, que grosseria é coisa de triste revoltado que, por ser machucado, sai por ai maltratando. Um Quíron torto, ao contrário. Então meu amigo deixa tua estupidez no armário que viver exige coragem e muita delicadeza.


E isso tudo só pra dizer que eu gosto muito de delicadeza no trato, isso diz do quanto de amor você traz no peito, pela vida, pelo outro, por você."
 http://wunschelrute.blogspot.com/2010/07/sutileza.html

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Meus Extremos...




"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas;
 minhas tristezas, absolutas; me entupo de ausências, me esvazio de excessos. 
Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos. 
Eu caminho, desequilibrada, em cima de uma linha tênue entre a lucidez e a loucura. 
De ter amigos eu gosto porque preciso de ajuda pra sentir, 
embora quem se relacione comigo saiba que é por conta-própria e auto-risco.
 O que tenho de mais obscuro, é o que me ilumina. 
E a minha lucidez é que é perigosa."
Clarice Lispector 

Sem tempo..

"Não tenho tempo pra mais nada,
ser feliz me consome muito."
Clarice Lispector





quarta-feira, 7 de julho de 2010


"A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com as mesmas coisas boas como se fosse  a primeira vez."Nietzsche

segunda-feira, 5 de julho de 2010

"Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, 
a canções que me comovem, 
a paixões que já nem lembro, 
a perguntas sem respostas, 
a respostas que não me servem, 
à constante perseguição do que ainda não sei. 
Meu mundo se resume
 ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, 
onde não me enxergo, 
mas me sinto."

Martha Medeiros

domingo, 4 de julho de 2010

Depois da Curva



Amanhã talvez
Esse vendaval faça algum sentido
Dá pra se dizer
Qualquer coisa sobre todo mundo

Por hoje é só
Vou deixar passar a ventania
Talvez amanhã
Vento, vela e velocidade

Mar azul, céu azul sem nuvens
Logo ali depois da curva
Ali, logo ali,
Ali depois da curva

Amanhã talvez
Esse temporal saia do caminho
Dá pra escrever
O papel aceita toda qualquer coisa

Por hoje é só
Vou deixar passar a tempestade
Talvez amanhã
Água pura e toda verdade

Mar azul, céu azul sem nuvens
Logo ali depois da curva
Ali, logo ali,
Ali depois da curva

Ali, logo ali,
Ali depois da curva
Ali, logo ali
Eu vi, eu vim, venci a curva

(Duca Leindecker / Humberto Gessinger)