Páginas

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Clarice para acalentar e trazer realidades...


"Decepcionar-se é surpreender-se às avessas."




"Acredito que pessoas aprendem
 com os próprios erros e com o tempo.

Acredito também que quem traiu uma vez e foi perdoado,
 vai trair de novo..."

Clarice, Clarice....

Contando os dias...






"Os dias se interrompiam quando ele ia embora.
Recomeçavam apenas no mesmo segundo em que tornava a chegar.
Não sei quanto tempo durou. 
Só comecei a contar os dias a partir daquele dia em que ele não veio mais."

Caio Fernando Abreu in Onde andará Dulce Veiga?

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sentimento duplamente estampado nos olhos...

Quem disse que seria fácil?
Quem acreditou que realmente poderia ser fácil?
Deixei-te livre para tuas vontades, deixei-te livre para decidir...
Talvez ai o grande erro, deixar-te livre demais.
Não soube cobrar, assim como não admitia ser cobrada.
Fui sincera desde sempre, efeitos "ex tunc"... e assim esperei o mesmo.
Custei a admitir um sentimento apesar de estar ele estampado em meus olhos...
Acreditei no teu sentimento, ou deixei-me enganar...
Sofrimento ex tunc ...
Estava disposta, sinceramente disposta a assumir os erros e encarar a todos, mas não tivemos tempo.
Escolha minha ou tua?
Prefiro acreditar que eu é que errei, talvez fique mais a vontade assumindo os erros, assumindo a culpa...
É FATO que a admiração permanecerá, assim como a saudade pelo que foi vivido, mas essa dorzinha da dúvida também permanecerá...







"Fiquei magoado(a), 
não por me teres mentido, 
mas por não poder voltar a acreditar-te."
Nietzsche

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Outros Caminhos


Deixei abandonado o Blog...
Estou correndo demais, demais, demais
Também não quero deixar passar nada, quero participar de tudo!

Participei de um Curso de Introdução de Mediação de Conflitos durante cinco sábados (cinco sábados o dia inteiroooo).  Ao mesmo tempo que cheia de dúvidas, medos, incertezas, saia também com um sentimento de que a cada encontro me conhecia um  pouco mais... 
Superei minhas expectativas, mas sinto que não tenho certeza da minha capacidade emocional na participação de projetos como o de uma Casa de Mediação.
Acredito muito no projeto, com certeza é possível sim esse OUTRO CAMINHO e acredito que muito mais efetivo, menos doloroso que o caminho  da imposição do Judiciário...

Confesso que estou ansiosa para um outro curso e muito curiosa quanto a implementação...
Agora, preciso aproveitar as férias que estão por vir para dedicar-me as leituras indicadas pelo prof. Ricardo! Veremos... 

Se alguém tirar a sugestão de algum site ou material sobre o assunto, agradeço a indicação!