Páginas

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sentimento duplamente estampado nos olhos...

Quem disse que seria fácil?
Quem acreditou que realmente poderia ser fácil?
Deixei-te livre para tuas vontades, deixei-te livre para decidir...
Talvez ai o grande erro, deixar-te livre demais.
Não soube cobrar, assim como não admitia ser cobrada.
Fui sincera desde sempre, efeitos "ex tunc"... e assim esperei o mesmo.
Custei a admitir um sentimento apesar de estar ele estampado em meus olhos...
Acreditei no teu sentimento, ou deixei-me enganar...
Sofrimento ex tunc ...
Estava disposta, sinceramente disposta a assumir os erros e encarar a todos, mas não tivemos tempo.
Escolha minha ou tua?
Prefiro acreditar que eu é que errei, talvez fique mais a vontade assumindo os erros, assumindo a culpa...
É FATO que a admiração permanecerá, assim como a saudade pelo que foi vivido, mas essa dorzinha da dúvida também permanecerá...







"Fiquei magoado(a), 
não por me teres mentido, 
mas por não poder voltar a acreditar-te."
Nietzsche

Um comentário:

Michele disse...

Amiga, que intenso. Amei.

Pegou o selinho lá no blog? Não precisa cumprir as regras, mas queria que ficasse com ele, pois teu Blog é Digno de Ser Lido. Adoro aqui.

Um beijo.