Páginas

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

"Você pode até dizer que não entendeu o que eu disse, mas jamais poderá dizer que não entendeu como eu te olhei!"

Continuamos sabendo interpretar melhor nossos olhares que nossas palavras!

Quando as palavras nos faltam, nossos olhares se entendem, conversam silenciosa e afetuosamente.
São olhares doces, suaves, tranquilos e cheio de saudades...
E as faíscas que produzem, são dessa saudade, daquele carinho que não se rompeu...
Teu olhar me acalenta sem me julgar, me arranca suspiros e leva a lembrar...
Quem sabe ainda possamos nos encontrar além dos olhares.





Bom, já dizia Saramago:

3 comentários:

Winny Trindade disse...

É tão o que eu sinto o que desejo...

Anônimo disse...

Estou a te esperar Violeta, porque hoje, não conseguiria mesmo usar do teu dom das palavras...
Teu olhar vai me dizer o que eu já sei e já sinto.

M.

Michele disse...

"Você pode até dizer que não entendeu o que eu disse, mas jamais poderá dizer que não entendeu como eu te olhei!"

Nossa amiga. Essa frase diz tudo!

Perfeito.

Lindo! Lindo!

Adoro passar por aqui.

Bjs no core
Mih