Páginas

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Loucura de amor e razão na loucura



"Há sempre um quê de loucura no amor.
Mas há sempre um quê de razão na loucura"

Friedrich Nietzsche

2 comentários:

Margarida disse...

Já disse hoje que tu és doida, Branquinha????

Paulo Ferrareze Filho disse...

essa é uma das frases fantásticas do Niet!