Páginas

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Sutileza da Déa !!!

Não consegui evitar a cópia...
Com toda a sutileza e beleza, Andréa, do Blog TPM postou este texto!
A cada dia, sou mais fã desta moça, linda, inteligente e delicada.


"Eu gosto muito dessa delicadeza no trato, essa coisa tipo cristal que as pessoas parecem estar perdendo.


Não aquela educação ensaiada, ou o beijo na tia, obrigado pelo olhar descontente da mãe.


Gosto mesmo dessa sutileza amorosa que cheira a cuidado. Que se você não vem, avisa, se você vem primeiro, deixa passar, abre a porta, puxa a cadeira, e então sorri.


Por que sorrir de verdade, leve, suave é de uma delicadeza infinita. Aquela coisinha algodão que está lá, bem simples, bacana e que toca com todo cuidado.


Penso mesmo que a delicadeza no trato, a educação miudinha é coisa de gente que tem tristeza na alma, mas não perdeu, por isso, a paixão pela vida.


Aquele que viu, aquele que sabe que viver é delicado, viver exige um cuidado e olha para o outro sabendo disso. Por que essa tristeza do triste, de quem já sentiu muita coisa, e tem no peito um buraco olha o buraco do outro, e trata com educação. Melhor mesmo seria, dizer que o triste trata a si mesmo e ao outro com delicadeza e emoção. Que educa-ação é palavra apertada, colada na obriga-ação e o triste já sabe, já viu que emoção não exige esforço, ela brota no peito e deságua no outro. (grifo meu)


O triste que tem a pele sensível, tocado por tudo que é ível - do invisívelindizível,incrível e chá quente, que não é ível, mas é bom, o triste então é sensível a tudo que no mundo está. Por isso essa delicadeza. E até quando estabanado o triste é de uma atrapalhação estranha, não bruta, desengonçada. O triste atrapalhado dá vontade de abraçar. É como um triste feio, daqueles tipo bichinho da maçã, você olha pra ele,e de tão feio, sorri. O triste feio é de um encanto só.


Então meu amigo, toca a vida com cuidado, que grosseria é coisa de triste revoltado que, por ser machucado, sai por ai maltratando. Um Quíron torto, ao contrário. Então meu amigo deixa tua estupidez no armário que viver exige coragem e muita delicadeza.


E isso tudo só pra dizer que eu gosto muito de delicadeza no trato, isso diz do quanto de amor você traz no peito, pela vida, pelo outro, por você."
 http://wunschelrute.blogspot.com/2010/07/sutileza.html

Um comentário:

Andréa disse...

Querida, tuas palavras são um carinho!

Nossa, obrigada pelas palavras!

Um beijo grande.