Páginas

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Meus Extremos...




"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas;
 minhas tristezas, absolutas; me entupo de ausências, me esvazio de excessos. 
Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos. 
Eu caminho, desequilibrada, em cima de uma linha tênue entre a lucidez e a loucura. 
De ter amigos eu gosto porque preciso de ajuda pra sentir, 
embora quem se relacione comigo saiba que é por conta-própria e auto-risco.
 O que tenho de mais obscuro, é o que me ilumina. 
E a minha lucidez é que é perigosa."
Clarice Lispector 

Um comentário:

Andréa disse...

Clarice, sempre Clarice.

Linda :O